segunda-feira, 5 de outubro de 2009

manual de putz sem pesares

Restos de cidades

O Solitário das Multidões conhecia tanta gente, mas não havia ninguém dentro dele. Todo usado pela usura. Pude ver quando ele mostrou numa entrevista sua Certidão de Trevas. Usinado pela usura. Êta bicho ordinário!, quando abria os olhos parecia abrir um túnel em rocha sólida. Usurado pela usura. O osso da pedra a gente achava que era as ruínas do seu corpo. Recusado pela usura. Acredita que o rabo do Solitário das Multidões foi arrancado com serrote em praça pública? Recusado pela usura. Não, isto foi no tempo da... é... Usurado pela usura. Dizem que ele sobreviveu a duzentos e três atentados, desde... Usinado pela usura. Com tudo aquilo bombardearam ele. Recusado pela usura. Agora, isso posso dizer, tava na cara que sua dor usava mulheres do baixo meretrício, maconha e óculos escuros. Lambuzado pela usura. Uma vez peguei na mão dele e pude constatar que não era feita de pele e cartilagem, mas de lodo... fedia mesmo. Recusado pela usura. Li não sei onde que ele até as últimas saia por aí comendo restos de cidades. Usurpado pela usura. De cidades. Enclausurado pela usura. Restos.

2 comentários:

  1. Hey, Man...de volta a cidade-renite? Mande notícias. abrax

    ResponderExcluir
  2. cidade-renite, hehe... esse é o frança. abração. lepre.

    ResponderExcluir